Home > Comunicação > Notícias

Novo coronavírus: Gestos lança financiamento coletivo para garantir alimentos para pessoas com HIV/Aids

Novo coronavírus: Gestos lança financiamento coletivo para garantir alimentos para pessoas com HIV/Aids

A Gestos – Soropositividade, Comunicação e Gênero lança nesta sexta-feira (27/03) uma campanha online de financiamento coletivo para arrecadar recursos e garantir alimentos básicos para um grupo de 120 pessoas em situação de extrema pobreza atendidas pela instituição. A campanha está no ar através da plataforma Kickante (https://tinyurl.com/ajude120familiascomfome) e precisa arrecadar R$ 52 mil em 45 dias. O valor vai garantir um mínimo de segurança alimentar, por dois meses, para estas pessoas e suas famílias, neste momento tão crítico da pandemia do novo coronavírus.

O novo coronavírus (COVID-19) já fez suas primeiras vítimas em Pernambuco e já impacta de forma grave a vida das pessoas mais pobres, justamente com menos condições de ficar em casa e cumprir as normas de saúde que pedem o distanciamento social. Tal situação fica ainda mais grave quando o nível de pobreza muito alto alia-se a uma condição mais fragilizada de saúde, como é o caso das pessoas vivendo com HIV e Aids acompanhadas pela Gestos.

Essas pessoas já tinham dificuldades de manter o seu sustento antes da pandemia do novo coronavírus e praticavam atividades informais, em sua maioria, para manter o sustento. Agora, sem condições de trabalhar, começam a sofrer com a fome.

Quem são as pessoas beneficiadas pela campanha

As 120 pessoas em situação de insegurança alimentar foram identificadas pela equipe profissional da Gestos entre as mais de 200 que acessam os serviços psicoterapêutico, de acompanhamento social e assessoria jurídica todos os meses.

“Apesar de ainda não existirem estudos científicos falando sobre o impacto do Covid-19 na saúde das pessoas vivendo com HIV e Aids, essas pessoas estão no grupo considerado de risco, junto com idosos, crianças e outras pessoas com doenças crônicas. É esta a situação das pessoas atendidas pela Gestos. Para nós, elas têm nome, têm endereço e, principalmente, elas têm histórias já muito difíceis. Precisamos apoiá-las para que superem essa imensa crise do coronavírus”, destaca Alessandra Nilo, coordenadora-geral da ONG.

Qualquer valor é bem-vindo neste momento e ajudará de forma imediata as pessoas vivendo com HIV e Aids atendidas pela Gestos a ultrapassarem esse momento crítico.

Com fome é difícil prevenir o Coronavírus: Ajude 120 famílias!
Doação em boleto bancário ou cartão de crédito (em até 6x)
Acesse o link da campanha e doe quanto puder

Denuncie

Se você tem HIV/Aids e encontra dificuldades para acessar os serviços de saúde; se sofre discriminação; se faltam medicamentos na sua cidade; ou se o seu benefício for ameaçado, entre em contato com a gente. Seu anonimato está garantido.