Seminário debate questões de saúde para Lésbicas e Bissexuais no Recife

29/08/2019 - Redação Gestos

Na tarde desta quinta-feira (29/08) acontece no auditório do Hospital Agamenon Magalhães, no Recife, uma série de debates sobre questões de saúde para lésbicas e bissexuais. O evento marca o dia Nacional da Visibilidade Lésbica e conta com a presença dos e das integrantes do GT LGBTI+ da Gestos – que realizará uma ação informativa e educativa sobre Prevenção Combinada ao HIV no local.

Entre os temas destacados no seminário estão “Movimento social como caminho de implementação de políticas voltadas à população lésbica e mulher bissexual”, com Rivânia Rodrigues; “Atenção integral à saúde da população lésbica e mulher bissexual”, com Jucele Sales; “Subjetividade da pessoa lésbica objetivando caminhos para construção de cuidado e acolhimento na saúde”, com Aida Carneiro; “Recorte racial como determinante de adoecimento na saúde da pessoa lésbica”, Jesus Moura; e “Avanços e desafios da coordenação no cuidado com a população lésbica e mulher bissexual”, com Luiz Valerio.

O evento é organizado pela Secretaria Estadual de Saúde do Estado de Pernambuco, primeiro estado do país a implantar uma política e criar uma Coordenação Estadual específica de Saúde Integral para pessoas LGBTI+.

O Dia Nacional da Visibilidade Lésbica é uma iniciativa que se contrapõe ao apagamento sofrido pelas mulheres lésbicas nos movimentos LGBTI+ e também no movimento feminista. A data faz referência à realização do primeiro Seminário Nacional de Lésbicas (Senale), realizado no Rio de Janeiro em 1996, e que tratou de temas relacionados à violação de direitos das mulheres em razão da sua orientação sexual.